Sobrecarga de Sistemas e Picos de Tráfego


24 de Maio, 2019
c d i

A grande evolução da internet tem causado problemas de desempenho em sistemas, com tempos de resposta baixos, redes congestionadas e bloqueio de serviços, sendo causados por sobrecarga de sistemas ou por ataques cibernéticos (DDoS). O balanceamento de carga tem sido a solução mais utilizada para a resolução desses problemas.

O balanceamento também tem grande importância em se tratando de tráfego. Quando temos um pico de tráfego, por meio do uso de alguns algoritmos inteligentes é possível multiplicar virtualmente a estrutura de qualquer sistema operacional, tornando-o disponível para o usuário final.

Quando o usuário se conecta a algum sistema, ele vai enchendo até atingir um limite de conexões simultâneas. É aí que entra o balanceamento, garantindo o acesso de diversos usuários a um único conteúdo.

Tente se lembrar de você tentando comprar um ingresso em um site de eventos, que sofrem estes problemas constantemente. Para que isto não aconteça, uma alta disponibilidade precisa ser garantida para que os servidores funcionem continuamente para garantir que as aplicações não deixem de rodar em virtude do alto tráfego. O balanceamento de carga resolve esse problema redistribuindo as solicitações de um servidor que teve algum problema para outros servidores, sejam locais ou não.

Estabelecer grandes conexões, mostra-se impraticável, seja pelo custo elevado ou pela inviabilidade técnica e é aí que surge a importância dos Pontos de Troca de Tráfego (PTT’s). Eles são pontos de concentração de dados, onde os provedores e servidores se conectam, funcionando como um único ambiente, onde todos os ISPs podem trocar dados, simplificando o tráfego e otimizando o fluxo de informações.

A importância dos PTT’s pode ser medida com a crescente utilização da Internet na área de prestação de serviços, onde os projetos que garantem estabilidade de acesso se tornam cada vez mais indispensáveis.

Como benefício direto propiciado pela interconexão a um PTT, é possível identificar vantagens com relação à latência, ao uso de banda larga, a economia nos trânsitos, além de ofertar conexões a outros provedores, o que pode ampliar oportunidades de negócios para prestadores de serviços de menor alcance.

Atualmente, os oito maiores PTT’s de acordo com o tráfego atual do IX.Br, estes são: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF), Campinas (SP) e Salvador (BA), permitindo que todos os benefícios de seu funcionamento estejam disponíveis e garantidos a todos os seus clientes distribuídos por todo o Brasil.

Fonte:Eletronet/Maio2019

Entre em contato com nossa equipe e conheça diversas soluções. contato@mycore.com.br

MyCore Tecnologia